CAE Esperança - Moradia Autônoma

A convivente chegou ao Centro de Acolhida Especial Esperança em 02/01/2018, encaminhada pelo CREAS São Miguel, situação de rua devido ação de despejo.

Foram realizados os atendimentos e encaminhamentos pertinentes. A convivente sempre demonstrou interesse em alugar uma casa, uma vez que recebe BPC. Durante o período de acolhimento organizou-se financeiramente e em Maio/2018 alugou uma casa na região.


76 visualizações0 comentário