Otemakoy Odiemba — Saída Qualificada (CTA Brás)


Angolana, da cidade de Chitato, Otemakoy Odiemba recebeu vaga fixa no Centro Temporário de Acolhimento (CTA) Brás. Segundo escuta, a convivente relatou ser enfermeira, ter três filhos. Inclusive, trouxe a primogênita Emaravilha, de 19 anos, para o Brasil. Os outros filhos estão em Angola com sua família, porém pretende trazê-los assim que estiver estabilizada economicamente.


Há cinco meses no Brasil, Otemakoy imigrou após sofrer uma agressão enquanto estava de plantão no trabalho. Com o braço lesionado (já cicatrizado) e desempregada, a acolhida resolveu vir em busca de melhores condições de vida para ofertar à sua família.


No equipamento e com o auxílio da equipe técnica, iniciou a etapa para regularizar sua documentação. Concluída essa fase, Otemakoy solicitou o desligamento do equipamento social.

Junto à sua filha e à sua irmã, a mulher vai alugar uma casa na região do Brás.

Para ela, o tempo que recebeu acolhimento foi muito importante. Pois conseguiu se organizar melhor.


#CTABrás

#ApoioSP

#SaídaQualificada

#AssistênciaSocial

#SUAS


Material produzido pelo Departamento de Comunicação da Apoio, com informações e foto do CTA Brás

Jornalista responsável: Jane Tanan (MTb 0085720/SP)

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo